Home
 
GERAL


COGUMELOS COMESTÍVEIS: USO, CONSERVAÇÃO, CARACTERÍSTICAS NUTRICIONAIS E FARMACOLÓGICAS

Joice Vinhal Costa Orsine; Luíssa Marques Brito;
Maria Rita Carvalho Garbi Novaes

RESUMO

É crescente o interesse na produção e consumo de cogumelos devido às suas qualidades nutricionais e terapêuticas, o que tem estimulado sua utilização como alimento funcional e como adjuvante no tratamento de enfermidades como o câncer. O presente artigo tem por objetivo discutir o uso de cogumelos como alimento e com fins medicinais. Para isso, buscamos trabalhos publicados que consideram a composição química e nutricional, bem como os aspectos farmacológicos e tóxicos para o uso seguro em seres humanos. A coleta de dados foi realizada por meio de pesquisa nas bases eletrônicas LILACS, SciELO, MEDLINE, PubMed e Cochrane. Foi possível verificar que os cogumelos apresentam características nutricionais interessantes devido ao alto teor de proteínas e fibras alimentares, baixo teor de lipídeos e fonte considerável de sais minerais. Possuem diversas substâncias com atividade antioxidante, como a Vitamina C, Vitamina E e polifenóis. Entre as substâncias com interesse na medicina, está o ergosterol, precursor da Vitamina D, que possui ação em enfermidades ósseas, como raquitismo e osteoporose. Na profilaxia e tratamento do câncer, foram observados possíveis efeitos anticarcinogênicos e antimutagênicos, proporcionados por glucanas, arginina, proteoglucanas, glutamina, lectina. Como não estão incluídos nas práticas alimentares da maioria da população do Brasil, muitos estudos estão sendo realizados no intuito de desenvolver formulações com adição de cogumelos, para tornar os alimentos mais saudáveis.
Palavras-chave: Alimento funcional; suplementos dietéticos; hábitos alimentares

ABSTRACT

The increasing interest in the production and consumption of mushrooms is due to its nutritional and therapeutic qualities which have encouraged the use of mushrooms as functional food and as adjuvant in the treatment of diseases like cancer. The objective of this article is to discuss the use of mushrooms as food and with medicinal purposes. For that, we searched for published works that consider their chemical and nutritional composition as well as their pharmacological and toxicological aspects for safe use in humans. Data collection was performed by a research on the electronic databases LILACS, SciELO, MEDLINE, PubMed, and Cochrane. The analysis of published studies showed that mushrooms have interesting nutritional characteristics due to high protein and dietary fiber, low lipid content, and it is also a substantial source of dietary minerals. They have several substances with antioxidant activity, such as Vitamin C, Vitamin E, and polyphenols. Within the group of substances of medicinal interest is ergosterol, a precursor of Vitamin D, which acts on bone diseases such as rickets and osteoporosis. In the prophylaxis and treatment of cancer, we observed some possible anticarcinogenic and antimutagenic effects provided by glucan, arginine, proteoglucans, glutamine,and lectin. However, mushrooms are not part of most Brazilians’ diet yet. For this reason, there are many ongoing studies to develop formulations with addition of mushrooms to make food healthier.
Keywords: Functional food; dietary supplements; food habits

Para ler o artigo completo acesse: https://seer.ufrgs.br/hcpa/article/view/29231

Foto: Shutterstock/TudoGostoso


Fonte: UFRGS


   
Compartilhar:

 
 
CONTATOS
Fungibras Indústria e Comércio em Fungicultura Ltda
Rua Lurdes Tonelli Bassetto, 30 - Distrito Industrial 3
Botucatu / SP
CEP: 18608-855

vendas@fungibras.com.br

+55 14 3814.7345

+55 14 99186.7110
 
2020 - Fungibras Indústria e Comércio em Fungicultura Ltda   Facebook